Uma tendência que cresce dia após dia, é o enriquecimento de impressos através de acabamentos especiais. Um impresso pode ter diferentes tipos de acabamentos como: um corte diferenciado feito por uma placa especial, laminação, corte e vinco e principalmente o verniz localizado.

Verniz localizado

O verniz localizado confere brilho e lisura à superfície do impresso e sua aplicação pode ser feita em uma ou nas suas faces do material.

Em cadernos não seria diferente, é comum ouvirmos “verniz total” ou “verniz localizado”. Na verdade, trata-se do mesmo revestimento, porém aplicado de maneiras diferentes. O verniz total, nada mais é que a aplicação do revestimento em toda superfície do caderno, ou seja, ele terá um aspecto brilhoso e liso em sua totalidade.

Já o verniz localizado, consiste na sua aplicação em áreas específicas do caderno, com o propósito de proporcionar brilho em detalhes da arte que você queira que atraia atenção, por exemplo, fotos, textos ou objetos.

O verniz localizado trás a sensação de sofisticação e boa qualidade para o caderno personalizado ou qualquer outro impresso que deseja.

verniz localizado

Como fazer a máscara de verniz localizado

A máscara de verniz localizado é a indicação de onde o impresso terá destaque. Cada gráfica trabalha com uma composição de cor diferente para indicar a aplicação do verniz.

Os arquivos com aplicação de verniz localizado, normalmente são estruturados de acordo com o gabarito de cada gráfica.

Para fazer uma máscara de verniz localizado, vá para página 1 do seu arquivo, onde encontra-se a frente do seu impresso, e selecione todos os elementos que deseja que o verniz seja aplicado.

Depois de tudo selecionado dê o comando copiar, vá até a página 2 do seu arquivo (máscara de verniz referente a frente do impresso) e cole a sua seleção. Os objetos colados deverão ficar exatamente na mesma posição da página 1.

Ainda na página 2, o próximo passo será pintar de 100% preto todos os objetos copiados. Repita esses mesmos passos para o verso do impresso: selecionar, copiar, colar e pintar de preto.

Informações técnicas

Procure não aplicar o verniz em locais muito pequenos, como textos ou vetores com linhas muito finas. Podendo ocorrer falhas no processo de gravação de tela e, consequentemente na aplicação do verniz localizado.

Por se tratar de um acabamento serigráfico, poderá ocorrer uma pequena variação de até 1 mm no registro do verniz. Considere essa margem de erro e saiba que não é possível garantir que a aplicação do verniz seja 100% exata.

Sempre verifique se a máscara do verniz encaixa exatamente em cima da arte criada. Se a máscara estiver com deslocamento relativo ao local de aplicação, o verniz não encaixará com precisão sobre o impresso.

Não é recomendado a aplicação do verniz nas extremidades do cartão, pois poderá correr o risco de descascar na hora do refile ou mesmo durante a sua utilização.

Para uma maior exatidão na aplicação do verniz, mantenha sempre a máscara em vetor. Dessa forma, a cor será 100% pura e não haverá variações entre tons de cinza.

Agora que já sabem o quanto o verniz é usado em materiais gráficos e como ele deixa os cadernos mais bonitos e elegantes, dê uma olhadinha nos modelos de cadernos no nosso site www.cadernospersonalizados.net.br.